• IPACRI

5ª. MINISTRAÇÃO NA CASA DE PAZ – GRATIDÃO

5ª. MINISTRAÇÃO NA CASA DE PAZ – GRATIDÃO


INSTRUÇÃO PARA O LIDER – A ênfase da reunião de hoje é testemunho e perseverança contra as resistências malignas. Depois de ministrar, procure dar oportunidade para que as pessoas contem primeiro os seus testemunhos depois compartilhem também alguma luta que estão sofrendo. Comece também a falar sobre o futuro de todos após terminar a campanha (daqui a duas semanas). Incentive o anfitrião a pensar sobre a possibilidade de manter a célula reunida em sua casa, após esse período. Se for o caso, fale dessa possibilidade também com outras pessoas que começaram a frequentar nesse período. Lembre-se que o nosso objetivo é transformar as “casas de paz” em células permanentes.


Texto-chave: João 12:1-11


INTRODUÇÃO – Na semana passada estudamos como Jesus ressuscitou Lazaro depois de quatro dias morto e como foram fundamentais na vida de suas irmãs a fé e a disposição para removerem os empecilhos para que o Senhor operasse. Hoje, vamos voltar aquela casa em Betânia, especialmente para entender sobre outro segredo espiritual: a gratidão.


1. QUANDO AMAMOS JESUS E SOMOS GRATOS PELO QUE ELE FAZ POR NÓS, QUEREMOS MANTÊ-LO EM NOSSA CASA – João 12:1-2 – Muitas pessoas recebem a benção e depois abandonam Jesus ou tentam segui-lo de longe, sem compromisso. Entretanto, quando amamos de verdade o Senhor e reconhecemos o que ele tem feito por nós, queremos que ele permaneça em nossa vida e em nossa casa. O que você vai fazer quando isso terminarem as sete semanas da campanha? Afastar-se ou pedir que o Senhor permaneça fazendo de sua casa uma “casa de paz”? Lazaro Marta e Maria não podiam segurar Jesus o tempo todo, porque Ele tinha um ministério itinerante, mas mantinham um contato estreito e sempre faziam questão de tê-lo em casa. Aqui, numa ocasião diferente daquela em que houve a ressureição de Lázaro, essa família prepara uma ceia só para receber Jesus e aqueles que queriam encontra-lo – Textos de apoio: Lucas 17:12-19; 24:28-32; Jeremias 2:13, 17.


2. A GRATIDÃO TOCA O CORAÇÃO DE DEUS E DETERMINA O AMBIENTE NUMA CASA DE PAZ – João 12:3, 7-8 – Aquela família tinha amor e gratidão ao Senhor e demonstrava isso de maneira muito pratica. Marta servia, Lazaro se dispunha a testemunhar do que o Senhor fez, ainda que isso lhe custasse perseguição de alguns e Maria foi capaz de comprar um perfume caríssimo só para derrama-lo como oferta sobre Jesus, além de ungir seus pés e enxuga-los com seu cabelos. Essas pessoas não tinham nenhum problema em ser “exagerados” na manifestação de sua gratidão. Por isso a Bíblia diz que aquele perfume de adoração “encheu toda a casa”. Certamente por isto Jesus gostava tanto de estar ali, por ver a demonstração do amor daqueles irmãos – Textos de apoio: Colossenses 3:16-17; l Tessalonicenses 5:16-18.


3. NOSSO TESTEMUNHO DEVE SER INTRUMENTO DE DEUS PARA QUE MUITAS OUTRAS PESSOAS CONHEÇAM O SEU AMOR – João 12:9, 11- Quando Deus nos abençoa, não esta pensando apenas em nós, mas quer nos usar para inspirar muitas outras pessoas e quer usar nossa casa como um lugar constante de salvação... O testemunhos de Lazaro atraiu muita gente e aquela casa estava aberta para receber os necessitados, a despeito do desconforto que isso poderia lhe causar. Por causa dele, muitos se converteram... Isso nos ensina que, quando tempos um testemunho de Deus em nossa vida, não podemos deixar de contar a todo mundo, porque isso é reter a gloria devida ao Senhor. E mesmo quando ainda não recebemos o que buscamos, devemos glorificar ao Senhor pela fé e isso movera o seu coração em nosso favor – Texto de apoio: Mateus 10:32-33; I Pedro 2:9; Romanos 4:18-20.


4. À MEDIDA QUE SOMOS ABENÇOADOS, DEVEMOS NOS PREPARAR PARA OS CONTRA-ATAQUES DO INFERNO – João 12:4-6.10-11 – Satanás é um perdedor, mas não gosta de perder. Quando começamos a ser abençoados e usados por Deus, ele levanta oposição contra nossa vida para nos desanimar e nos tirar da presença de Deus... Naquela “casa de paz” em Betânia, Maria foi criticada por Judas, que achou sua oferta exagerada. Isso também acontece em nossos dias. Começamos a honrar a Deus com o nosso tempo, com o nosso dinheiro, com nossa casa e as pessoas passam a nos chamar de “fanáticos”... Nunca se importaram quando investíamos no pecado (vicio, prostituição, ostentação), mas quando investimos na fé, nos criticam... Lázaro também foi perseguido pelos religiosos, que queriam mata-lo, pois muitas pessoas estavam se convertendo a Jesus por causa dele. É sempre assim: o Senhor ressuscita e o inferno quer destruir de novo. Mas se ficarmos firmes, teremos vitória e nossa casa seguira sendo uma “casa de paz”- Textos de apoio: João 15:17-20; 16:33; Tiago 4:7.


Conclusão- É tempo de assumirmos publicamente a nossa fé, falando para todos do que Jesus tem feito por nós, dedicando a ele o melhor da nossa vida e abrindo nossa casa para a salvação de mais gente, manifestando assim de forma prática a nossa gratidão... E se as oposições começarem, devemos perseverar, sabendo que aqueles que nos criticam nuca fizeram por nós o que Jesus tem feito. Portanto, fiquemos firmes e continuemos dando gloria a Deus.


INSTRUÇÕES FINAIS AO LÍDER – Dê oportunidade para testemunhos e ore pelas necessidades de cada um. Incentive a todos quanto a frequentarem as grandes reuniões da igreja e fale um pouco mais sobre a importância de irem ao Encontro com Deus.



IPACRI "Mais que uma Igreja, uma Família"





FIQUE ATENTO!

AGENDA

Quinta-Feira: Culto 20H

Domingo: Culto 18:30H

Domingo campanha: "Tempo de restauração de tudo" ( Atos 3.21).



  • CAPACITAÇÃO DESTINO: Toda terça feira as 20H.

  • Encontro com Deus: 06,07,08 Dezembro/19

  • 10/11 - DOMINGO - SANTA CEIA DO SENHOR

  • 10/11 - DOMINGO - FESTA DA COLHEITA ( MACROS )



REDES SOCIAIS





"Porque dele e por ele, e para ele, são todas as coisas; glória, pois, a ele eternamente. Amém".

Romanos 11:36

74 visualizações

Rua Palmeira de leque, 510

São Paulo, SP 08061-430

ipacrioficial@gmail.com

HOME

© IPACRI - Todos os direitos reservados

____________________________________________________________________________________________________________________________________________________

Porque ele vive posso crer no amanhã!