• IPACRI

criação

João 1:1

“No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus.”

A maior prova de que Deus cumpre a suas promessas está na sua palavra encarnada, o verbo, pois, tornou sua palavra visível e tocável. O verbo deixa de ser um som, uma escrita e se torna uma pessoa. Isso para que tudo aquilo que não passa de um som saindo dos seus lábios ou de um escrito por você, seja materializado. Aquilo que está em sua mente vai se manifestar em sua frente. Você já escreveu um texto no qual representa um desejo a ser conquistado? Você já fez ou produziu um desenho que é um desejo que você tem em alcançar? Nunca Deus se tornou tão próximo do ser humano se tornando um com ele no ato da encarnação do verbo, dando-nos o mesmo poder de materializar o que era apenas uma palavra. Tornar-se vitorioso aquele que tem a promessa de Deus materializada. Depois que Jesus pisou essa terra, a palavra não volta mais, ela não volta vazia. Ela foi preenchida. O VAZIO FOI PREENCHIDO.

Ele já existia antes de vir. Ele não só estava com Deus, ele era Deus - E sempre tão divino quanto os outros dois membros da trindade. Logos se refere a comunicação oral e escrita. Significa declaração é notícia em alguns contextos. Aqui no evangelho de João se refere a Palavra de Deus. O filho de Deus assumiu para Si uma natureza humana completa, mas sem pecado. Isso dá a Ele a autoridade de participar do nosso sofrimento ao mesmo tempo que Ele é a nossa redenção. O que João quer revelar aqui é que a pessoa de Jesus é mais importante que suas realizações, seus dons, seus feitos. Ele não só concede água, pão, vida, ressurreição. Jesus pessoalmente é tudo isso.

Ele se materializou na criação, no pão, na água, na rocha, Ele é o caminho, Ele é a salvação, Ele é tudo que você precisa. O poder do Logos é tornar-se a sua última necessidade, o poder do Logos é responder ao seu vazio. O poder do Logos é preencher o vazio do luto, da solidão…

  • João 1:14. “Jesus é a palavra, pela qual Deus se expressa integralmente diante de nós.”

O logos nasceu como nós, foi concebido em um ventre materno, posto em secreto até que estivesse pronto - Foi anunciado em secreto, foi concebido em secreto, nasceu em um lugar escondido, passou doze anos escondido. Apareceu entre os doutores da lei com uma pergunta no ar: De onde veio tamanho conhecimento escondido? Novamente é só aos 30 anos para ser batizado e realizar sua missão.

  1. O plano de Deus é nos esconder até que estejamos prontos - No seu batismo o Espírito Santo só expôs o que já estava pronto. Quando João Batista e Jesus estavam dentro da água para o batismo, algo estava se repetindo, porque João se moveu no ventre de sua mãe quando Maria se aproximou de Isabel. Estamos na água de novo.

  1. Ele é a mensagem - Um mensageiro não pode produzir a mensagem, ele apenas entrega o que recebeu, pois do contrário ele tira a essência da mensagem, ela perde o efeito, ela se torna uma anestesia e não a cura, as pessoas se doam, se entregam, ofertam, mas nada mudam, porque estão entregando a mensagem errada.

Não existe mensagem mais poderosa do que a mensagem da cruz.

  1. O logos é a palavra - Você pode ouvir, então ouça, você pode falar, então fale! Agora nós podemos ver, então veja - Enxergue o que você está falando! Fale o que está escrito na palavra de Deus. O que está no invisível será visto. Deus queria ser visto e escolheu o corpo como o nosso para se revelar, pois não conseguimos ver Deus na dimensão que ele habita, por isso ele decidiu habitar entre nós, assim conseguimos vê-lo com nossa natureza. Jesus Cristo é o verbo encarnado.

  1. Além de sentir sede, cansaço, Ele chorou, sangrou e morreu - Se identificou conosco em todos os aspectos da vida, desde o nascimento até a morte. Deus parou de olhar de cima e começou a ver o mundo do meio dele, não mais de longe, mas bem de perto, ou seja, dentro. Ele veio com luz, pois a luz estava nele, porém, nós somos a lâmpada e ele a luz.

  1. A essência que se revelou definiu sua missão: Cheio de graça e de verdade, pois a graça nos salva e a verdade nos liberta. O ser humano por natureza tem sua alma cheia de ira, de angústia, de ansiedade de pecado, mas o convite é se encher do que te faz vencer.

  1. A lei revelava o pecado, mas não o removia, a graça esconde o pecado e o remove. A lei revela, a graça esconde - Na velha aliança, Deus está atrás das cortinas, na Nova aliança ele está no meio do povo. A glória escondida vai se revelar, o pecado exposto vai ser escondido atrás da cruz. A glória da Antiga Aliança era passageira, porém, a glória da nova aliança em Cristo é crescente.


O que está no invisível será visto


0 visualização0 comentário