• IPACRI

O Senhor tem reservas inesgotáveis

Em tempos de escassez ou por mera distração, corremos o risco de deparar com a falta de alguns produtos. É triste, quando vamos fazer o café pela manhã, e constatamos que acabou o pó. Pior ainda é a angústia de ver a gasolina acabando no meio da viagem. Por outro lado, é tão bom, quando encontramos o local de abastecimento com tudo que precisamos.

No aspecto espiritual, algumas vezes, pode parecer que as ações de Deus acabaram, ou que as manifestações do seu poder foram apenas experiências de um passado distante, restando-nos agora a escassez.

Hoje, muitos mencionam fatos de 20 anos atrás, mas, naquele tempo, as pessoas também elogiavam os que viveram antes, principalmente nos dias do Novo Testamento.

Entretanto, até nos tempos bíblicos, houve questionamentos nesse sentido. Na época dos Juízes, por exemplo, as pessoas lembravam os tempos de Moisés como uma história gloriosa e distante da realidade.

Certa vez, um anjo apareceu a Gideão e disse: "O Senhor é contigo, homem valoroso. Mas Gideão lhe respondeu: Ai, Senhor meu, se o Senhor é conosco, por que tudo isto nos sobreveio? E que é feito de todas as suas maravilhas que nossos pais nos contaram, dizendo: Não nos fez o Senhor subir do Egito? Porém agora o Senhor nos desamparou, e nos deu nas mãos dos midianitas" (Juízes 6.12,13). Sabemos que, nos dias de Gideão, Deus agiu novamente, marcando com milagres e livramentos aquela época.

Pouco adiante, lemos sobre a história de Davi, que se inspirou no passado, mas acreditou que o Senhor poderia agir outra vez, conforme está registrado nos Salmos: "Ó Deus, nós ouvimos com os nossos ouvidos, e nossos pais nos têm contado a obra que fizeste em seus dias, nos tempos da antiguidade. Como expulsaste os gentios com a tua mão e os plantaste a eles; como afligiste os povos e os derrubaste. Pois não conquistaram a terra pela sua espada, nem o seu braço os salvou, mas a tua destra e o teu braço, e a luz da tua face, porquanto te agradaste deles. Tu és o meu Rei, ó Deus; ordena salvações para Jacó. Por ti venceremos os nossos inimigos; pelo teu nome pisaremos os que se levantam contra nós" (Salmos 44.1-5). E novamente Deus agiu em favor do seu povo.


O Senhor tem reservas inesgotáveis de poder, perdão, amor, graça e misericórdia, mas o limite está em nós.

Sabemos que os postos têm milhares de litros de combustível à nossa disposição, mas pode ser que não estejamos comprando o necessário. Nosso tanque é pequeno ou nossos recursos são poucos.

Da mesma forma, pode ser que a nossa busca espiritual seja insuficiente. O problema não está em Deus, pois Ele deseja fazer maravilhas hoje como fez na antiguidade. Afinal, "Jesus é o mesmo ontem, hoje e será eternamente" (Hb13.8).

2 visualizações0 comentário