• IPACRI

4ª. MINISTRAÇÃO NA CASA DE PAZ-RESTITUIÇÃO

4ª. MINISTRAÇÃO NA CASA DE PAZ-RESTITUIÇÃO


INSTRUÇÃO PARA O LIDER- chegamos à metade da campanha e hoje vamos trabalhar especialmente o tema da “fé”. Queremos e precisamos ver os milagres acontecerem. Por isso, é importante que o líder seja intrépido, ore com as pessoas e estimule-as a crer, por mais difíceis que sejam as situações... Não se esqueça de dar ênfase ao tempo de oração e evite que a reunião comece atrasada e ultrapasse o período de uma hora.


Texto-chave: João 11:1-6,17-44


INTRODUÇÃO – Muitas vezes as perdas atingem nossas casas trazendo tristeza e até desespero. Situações maiores que nos parecem não ter reversão, a não ser por um grande milagre de Deus. Casamentos destruídos, relacionamentos quebrados entre pais e filhos, enfermidades sérias, falência financeira ou desemprego são exemplos muito comuns de como as perdas podem afetar o nosso lar... Hoje vamos aprender sobre restituição através do que aconteceu na casa de uma família que sempre recebia Jesus na cidade de Betânia. Quando Lazaro morreu, suas irmãs Marta e Maria pensaram que aquela era um situação perdida. Mas Jesus entrou naquela casa e restabeleceu a paz ressuscitando aquele que estava morto. Vamos ver o que essa historia tem a nos ensinar...


1. DEUS SEMPRE TEM O SEU TEMPO E A SUA MANEIRA DE AGIR –João 11:1-6,17 – Jesus era amigo daquela família. Sempre que passava por Betânia, hospedava-se em sua casa. Por isso, quando Lazaro adoeceu, suas irmãs mandaram chamar Jesus. Porem, ele se demorou Lazaro morreu... Muitas vezes ficamos confusos porque, mesmo buscando a Deus, as coisas não acontecem do jeito que queremos e no tempo que esperamos. Muitos se rebelam Por isso e param de buscar. Entretanto, o caminho do Senhor é perfeito, ainda que não entendamos. Sua aparente demora muitas vezes acontece para provar a nossa fé, para quebrantar o nosso coração ou simplesmente para que o milagre seja ainda maior e o pai glorificado. O nosso papel é continuar buscando, até que ele opere em nosso favor – Textos de apoio: Lucas 18:1-8; Romanos 9:20-21: Isaias 45:9-11; 55:8-11.


2. O AMOR DE DEUS POR NÓS NÃO PODE SER MEDIDO PELA AUSÊNCIA DE PROBLEMAS – João 11:5,32-36 –Marta e Maria estavam confusas quanto ao Amor de Deus. Ambas ao receberem Jesus, falam palavras que demonstram essa incompreensão. Porque ele demorou tanto? Porque deixou Lazaro morrer? No entanto, Jesus amava aquela família e estava sofrendo com ela. Ainda que soubesse do milagre que iria realizar, Jesus chorou por vê-los sofrendo... Muitas vezes estamos em situação semelhante. Por não compreendermos os caminhos de Deus, duvidamos do seu amor e do seu poder e, enquanto agimos assim, tardamos os milagres que precisamos – Texto de apoio: Jeremias 29:11-12; Salmos 91:14-15.


3. A FÉ É A GRANDE CHAVE QUE ABRE A PORTA DO SOBRENATURAL EM NOSSAS VIDAS-João 11:21-22,40- “Se creres veras a gloria de Deus”. Este é o maior de todos os segredos espirituais. Não temos que entender o que Deus faz e nem mesmo concordar. Temos que crer! A fé é o único canal para os milagres. Se quisermos ver a restituição daquilo que perdemos, precisamos exercer fé- Textos de apoio: Hebreus 3:12; 11:6; Tiago 1:6-7.


4. PRECISAMOS REMOVER OS EMPECILHOS PARA QUE OS MILAGRES ACONTEÇAM- João 11:38-44 – Há atitudes que precisamos tomar para os milagres aconteçam em nossas vidas e famílias. Existem coisas que Deus não vai fazer por nós e que são empecilhos para o seu agir. Jesus mandou que tirassem a pedra que fechava a sepultura de Lazaro. Ele poderia fazer isso de maneira sobrenatural, mas não fez porque há sempre uma responsabilidade que cabe aos homens... Por exemplo: se um casamento esta destruído por causa da infidelidade, o Senhor pode e quer restaurá-lo, mas é necessário que o adultério seja removido. Se relacionamento em casa tem sido rompidos devido à violência, á grosseria ou ao desrespeito, primeiro é preciso remover esses obstáculos para que o poder de Deus entre em ação. Se os negócios estão falidos porque havia desonestidade, enquanto isso não mudar, o senhor não vai operar. Resumindo: primeiro fazemos a nossa parte, para que depois Jesus faça a dele- Textos de apoio: Isaias 59:1-2; Hebreus 12:1-2.


CONCLUSÃO- Ainda que não compreendamos a maneira como Deus está fazendo as coisas, precisamos crer e perseverar. Lembre-se que a fé é a chave! Porem, a verdadeira fé se manifesta em atitudes da nossa parte. Precisamos orar buscar a Deus, seguir firmes na aliança, mas precisamos também “remover a pedra”, nos livrar dos obstáculos que estão entre o senhor e aquilo que buscamos. Se fizermos assim, ainda que o luto e o choro tenham entrado em nossa casa, dará lugar á alegria porque o nosso Deus de ressureição e restituição.


INSTRUÇÕES FINAIS AO LIDER – Quando terminar de ministrar ore ungindo a todos e decretando milagres em suas vidas. incentive-os a estudarem o texto bíblico durante a semana e terem diariamente um tempo de oração. Termina mostrando a importância de que todos conheção a igreja (se ainda não o fizeram) e comece a motiva-los quanto a separar um fim de semana para estares num Encontro com Deus.


ipacri "Mais que uma Igreja, uma Família"



FIQUE ATENTO!

AGENDA


Quinta-Feira: Culto 20H

Domingo: Culto 18:30H

Domingo campanha: "Tempo de restauração de tudo" ( Atos 3.21). ( Sexto dia da campanha ).

CAPACITAÇÃO DESTINO: Toda terça feira as 20H.

Encontro com Deus: 06,07,08 Dezembro


10/11 - DOMINGO - SANTA CEIA DO SENHOR

10/11 - DOMINGO - FESTA DA COLHEITA ( MACROS )



REDES SOCIAIS






"Porque dele e por ele, e para ele, são todas as coisas; glória, pois, a ele eternamente. Amém".

Romanos 11:36


66 visualizações

Rua Palmeira de leque, 510

São Paulo, SP 08061-430

ipacrioficial@gmail.com

HOME

© IPACRI - Todos os direitos reservados

____________________________________________________________________________________________________________________________________________________

Porque ele vive posso crer no amanhã!