top of page
  • IPACRI

DEFENDENDO O QUE DEUS ME DEU

TEMA: DEFENDENDO O QUE DEUS ME DEU – Texto Base: 2Sm 23:11/12


Quebra-gelo: Você já perdeu algo importante em sua vida por não ter defendido (lutado)?

Introdução:O capítulo 23 do segundo livro de Samuel, registra os nomes e alguns feitos dos valentes de Davi. Dentre esses feitos o Espírito Santo inspirou o escritor a registrar a coragem de Samá, em defender o seu campo de lentilhas. A atitude de Samá nos ensina sobre a necessidade de também defendermos o que Deus tem nos dado. Nesta noite vamos aprender juntos:

03 LIÇÕES SOBRE A NECESSIDADE DE DEFENDERMOS O QUE DEUS NOS DEU

1ª LIÇÃO: O diabo sempre vai tentar roubar as coisas que mais tem valor para nós. v.11 ...os filisteus se ajuntaram em Leí, onde havia um pedaço de terra cheio de lentilhas... – Jo 10:10

O texto diz que os filisteus (que simboliza o reino maligno), se ajuntaram onde havia uma terra cheia de lentilhas. Precisamos ficar sempre atentos, pois o diabo sempre atacará as bênçãos que Deus nos deu. Por isso é necessário que estejamos sempre vigilantes para não sermos pego de surpresa pelos ataques do diabo.


PERGUNTA:Com suas palavras, comente uma das áreas de nossas vidas que temos que defender contra os ataques do diabo.


2ª LIÇÃOA responsabilidade de defender o que Deus nos deu, é nossa. v.11b ...o povo fugiu de diante dos filisteus...

Muitas pessoas projetam a culpa de suas perdas e sofrimentos, nas pessoas e até mesmo no governo. Mas aprendemos com o texto que a responsabilidade de defender o que Deus nos deu é nossa. Se Samá tivesse tido a mesma atitude do povo, ele teria perdido tudo. O povo fugiu, mas Samá permaneceu firme defendendo o que Deus lhe deu.


PERGUNTA:Em sua opinião, o que leva as pessoas a fugir das lutas contra o inimigo?

3ª LIÇÃOSamá arriscou a sua vida para defender o que Deus havia lhe dado. V. 12 ...mas Samá pôs-se no meio daquele terreno e o defendeu...

Samá arriscou a sua própria vida para defender o que Deus havia lhe dado. A atitude de Samá revela que ele valorizou o que Deus lhe deu. O diabo tem prevalecido sobre muitas pessoas, porque elas simplesmente aceitam os ataques do inimigo. Em Tg 4:7 está escrito: ...sujeitai-vos a Deus, resisti ao Diabo, e ele fugirá de vós.


PERGUNTA: Com suas palavras, comente uma das nossas armas de defesa contra os ataques do inimigo.

CONCLUSÃO:O texto de2 Sm 23:12 termina dizendo: ...e o Senhor operou um grande livramento... Deus honrou a postura de Samá. Ele poderia ter fugido com a multidão, mas decidiu lutar, defender o que Deus lhe deu. Que a partir de hoje possamos ter a mesma atitude de Samá e defender tudo aquilo que Deus tem nos dado.


 

Cultos : Quinta 20H e Domingo 18H


 

Dica para o lider!


Atitudes de um bom líder de célula | Estratégias para nutrir seu pequeno grupo e fazê-lo avançar


1 Convide parentes, amigos e visitantes para todas as festividades que a igreja proporciona

Muitas vezes, as pessoas não irão aceitar um convite para uma reunião da célula ou para um culto logo de cara. Por isso, nossa primeira estratégia é convidar pessoas próximas de você para participarem de um evento ou uma festividade promovida pela sua igreja.


2 Crie um ambiente descontraído em sua célula

Ainda pensando no tópico anterior, podemos concluir que, apesar de muitas pessoas ficarem ‘resistentes’ ou apreensivas ao convite para uma reunião de célula ou um culto, há certamente como facilitar esse convite: criando um ambiente descontraído dentro da célula.

Essa estratégia começa desde o convite. Afinal, é bem diferente convidar alguém que ainda não conhece o Senhor para sua casa, a fim de passar um momento agradável, conhecendo novos amigos e conversando, do que convidá-la para, simplesmente, uma ‘reunião da igreja’.


3 Faça cartões de visita para encorajar os membros a convidarem

Mandar confeccionar cartões personalizados para sua célula – ou confeccioná-los com as próprias mãos – é uma ótima maneira de estimular os discípulos da sua célula a convidarem novas pessoas para participarem de uma reunião.


4 Nunca centralize nada: delegue funções

Apesar do termo ‘liderança’ carregar uma noção de autoridade, poder e responsabilidade, todo líder de célula precisa estar ciente de que ele não deve (e nem pode) fazer tudo sozinho. Delegar funções é uma das atitudes mais importantes de um bom líder.

Por isso, é necessário que você dê oportunidades às pessoas mesmo que elas falhem na primeira vez. Se falharem, dê uma nova oportunidade em outra função, mas não esqueça de nenhum dos membros e desperte neles seu potencial.


5 Faça com que as pessoas interajam na reunião de célula

Nós já pontuamos que a interação de todas as pessoas é indispensável na célula, mas enfatizamos mais uma vez: faça com que todos falem durante a reunião, mesmo que só um pouco.

A interação permite justamente que o ambiente fique mais descontraído e aumenta as oportunidades para as pessoas fazerem amigos e sentirem-se mais à vontade. Além disso, é justamente esse bate-papo que diferencia o culto nos lares, do culto na igreja.


6 Realize reuniões extra-células

Proporcionar e incentivar encontros extra-células é uma das atitudes de um bom líder que se preocupa com a criação de relacionamentos saudáveis e enriquecedores.

Por isso, separe um dia especial para todas as pessoas da célula jantarem juntos, fazerem um passeio em um lugar legal ou se divertirem em uma noite de jogos, por exemplo. São justamente esses momentos que ficarão na memória de todos os seus discípulos e farão que eles se sintam parte de algo maior e precioso.


515 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page